Educação

Segundo a Lei nº 9.394/96 LDB, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Art. 29, a educação infantil, primeira etapa da educação básica, tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança de até 5 (cinco) anos, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade. (Redação dada pela Lei nº 12.796, de 2013).

A Escola de Educação Infantil Simonne Debouck, atende crianças de 03 a 05 anos de idade. É comunitária, conveniada com a Secretaria Municipal de Educação (SMED), atendendo a modalidade creche apenas o Grupo 3 e pré-escola com os Grupos 4 e Grupos 5, tendo como objetivo proporcionar condições adequadas para o desenvolvimento e as aprendizagens das crianças na fase inicial da vida.

Estamos sempre revendo as propostas pedagógicas utilizadas na primeira etapa da educação básica, respeitando cada etapa do desenvolvimento da criança, o cuidar e o educar caminham sempre juntos, são indissociáveis. O saber lúdico é necessário para que os eixos estruturantes (interações e brincadeiras) estejam presentes na prática das professoras/es.

A escola, organiza o seu ensino observando as regras estabelecidas no Regimento Escolar, Projeto Político Pedagógico e os descritos na Base Nacional Comum Curricular que são: conviver, brincar, participar, explorar, expressar e conhecer-se.

DSC_4413.jpg
Ceifar

Entendo que solidariedade é enxergar no próximo as lágrimas nunca choradas e as angústias nunca verbalizadas. Augusto Cury

Ceifar

Está se sentindo vazio? Preencha esse espaço com solidariedade. Saia desse buraco. Há muita gente precisando de você. Gabriel Chalita

Ceifar

“Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos.” Bezerra de Menezes

Ceifar

Dilatai a fraternidade cristã, e chegareis das afeições individuais às solidariedades coletivas, da família à nação, da nação à humanidade. Rui Barbosa

Ceifar

A solidariedade é contagiosa. Contagie e se deixe contagiar... Carlos Henrique Cadinha

Ceifar

O desafio das religiões é ensinar que joelhos orantes precisam ser desdobrados em braços solidários. A síntese é o caminho mais seguro. Padre Fábio de Melo

Centro de Integração Familiar

A solidariedade traz felicidade para quem a pratica e para quem recebe. Marianna Moreno

Ceifar

Eu sei que o meu trabalho é uma gota no oceano, mas sem ele o oceano seria menor. Madre Teresa de Calcutá

Ceifar

Felizes são aqueles que não esperam favor ao praticarem atos de solidariedade.

Ceifar

O preconceito afasta e a solidariedade aproxima as pessoas.

Ceifar

Ser solidário é fazer o bem sem esperar que os holofotes apareçam. Marianna Moreno

Ceifar

A solidariedade é uma demonstração de amor e bondade.